INICIO

FRAUDES FINANCEIRAS E COMERCIAIS

FRAUDES EM OPERACOES “ILICITAS”

FRAUDES DIVERSAS E TECNOLOGICAS

FRAUDES NO COMERCIO E CDC

PEQUENOS GOLPES POPULARES

MAUS NEGÓCIOS E PERDAS DE TEMPO

FRAUDES CONTABILISTICAS E INTERNAS

LAVAGEM DE DINHEIRO

PARAISOS FISCAIS (OFFSHORE)

LINKS UTEIS

OUTROS DOCUMENTOS  (traduzidos)

GRAVAÇÕES AUDIO (em inglês)

SAIR

 


 

Os vários esquemas de "Pirâmide" e as

oportunidades via Internet

A definição de esquemas de "Pirâmide" ou de "Ponzi" ou de "São Antonio" abrange uma ampla série de esquemas e fraudes diferentes que tentarei resumir mais para frente. Primeiramente acho importante dar uma definição genérica do conceito de esquema de pirâmide.

Com este termo quero definir todos os sistemas, fraudulentos ou não, usados para ganhar dinheiro ou benefícios através um fluxo sem fim de novas "recrutas".

A função de cada nova recruta é sinteticamente:

a)    dar dinheiro para os golpistas/recrutadores e

b)    captar novos recrutas que paguem para o esquema...

O nome do esquema deriva da forma da pirâmide que é um triangulo tridimensional. Se uma pirâmide começar com uma pessoa no topo e 10 pessoas debaixo dela e 100 debaixo deles e 1000 debaixo deles a pirâmide terá mais da inteira população da terra em 10 andares, com um único golpista no topo.

Os esquemas a pirâmide funcionam porque as pessoas são gananciosas e a ganância tem efeitos inacreditáveis sobre a racionalidade e a capacidade de pensar do ser humano. Para uma pessoa que deseja fazer muito dinheiro com um pequeno investimento e em pouco tempo, o pensamento "esperançoso" toma conta onde a critica deveria entrar. As esperanças transformam-se em factos. Os cépticos passam a idiotas que não entendem nada. Os desejos transformam-se em realidade. Fazer perguntas esclarecedoras parece pouco educado e amigável. Os golpistas sabem como a ganância funciona e tudo o que precisam é um primeiro fraudador para que as coisas comecem.

Com o advento da internet novos tipos de esquemas apareceram e esquemas antigos  modernizaram-se. Uma das chaves usadas hoje por muitas destas fraudes é a lenda que na internet se pode tudo. Aparecem diariamente propostas de negócios do tipo "monte um site e fique milionário" ... ou "mande milhões de e-mails e venda de tudo facturando milhões". Isso tudo baseia-se em pressupostos falsos mas aparentemente "sólidos" exactamente como os tradicionais esquemas a pirâmide usavam argumentos aparentemente sólidos mas efectivamente falsos.

Existem muitos tipos de fraudes baseadas na idéia de pirâmide.

Aqui vou simplesmente listar algumas grandes famílias de fraudes deste tipo, deixando claro que esta lista não é exaustiva.

1) esquemas de investimento do tipo "fique rico depressa". Este tipo de esquema faliu literalmente as economias de vários paises da Europa do Leste nos últimos anos. Um caso pra todos é o da Albânia onde um sexto da população caiu em esquemas deste tipo e ouve até repercussões políticas pesadas. O esquema, em síntese, baseia-se na promessa do pagamento de altos juros (até 50% ao mês) e num esquema de captação de novos "investidores" por parte dos existentes. Na realidade o fluxo de novos investidores é necessário para pagar os juros prometidos aos investidores anteriores e, em algum momento, quando este fluxo de novos investidores não for mais suficiente, todo o sistema se desmorona e todos perdem tudo.

2) esquemas de novas oportunidades, negócios e atividades ou trabalhos "com lucros elevados e rápidos". Nestes esquemas, que com o advento da internet e dos e-mails explodiram no mundo todo, os golpistas propõem um novo negócio cujas características são essencialmente: a) lucros elevados e rápidos b) uma "pequena" taxa ou custo de entrada a ser paga por alguma razão c) a necessidade, para se ganhar dinheiro, de arrumar novos adeptos para o negócio. O objetivo é obviamente e sobretudo apanhar quanto mais dinheiro possível através das taxas/custos de associação (ou de kit ou material de trabalho) de sempre mais gente. Não tenha a menor esperança que o negócio possa dar lucro realmente ... no maximo poderá ajudar outras pessoas a serem enganadas em troca de uns centimos. As frases típicas: "fique rico em pouco tempo trabalhando nas horas livres sem sair da sua casa ... novo sistema inédito ... o segredo pra ficar rico ... etc...".

3) correntes de cartas. Em vários paises isso já é ilegal ... na pratica a promessa é sempre a mesma, muito dinheiro com pouco esforço e investimento. O esquema típico é uma carta (ou e-mail) com uma lista de dez pessoas (com nome e endereço e tudo). Você tem que enviar alguma coisa para primeiro da lista. Depois tira o nome dele e acrescenta o seu no fim da lista. Depois faz 10 copias da mesma carta com a nova lista (onde o antigo segundo colocado virou primeiro e você aparece como ultimo) e as envia para 10 pessoas diferentes. Se você enviar para mais pessoas ainda melhor. A promessa é que quando você passar a numero um da lista irá receber uma fortuna ... enviada por um monte de gente. A razão pela qual as pessoas acreditam que este sistema possa funcionar é porque a mente humana não tem uma visão intuitiva da progressão geométrica. No caso do exemplo acima , imaginando que a corrente inicie consigo (e mais nove amigos para por na lista) e que todos façam o que se pede na carta, quando você chegar na posição numero um da lista a carta já terá sido enviada a 10 bilhões de pessoas ou seja mais que a população inteira da terra (estimada em menos de 6,5 bilhões, incluindo nenézinhos, velhinhos e miseráveis desnutridos africanos e do mundo todo - que obviamente não comeram para poder enviar a carta da corrente). Veja você se isso é possível !!

4) e-mail de grande difusão contendo informações, alertas ou pedidos de ajuda de vario tipo. São raros os casos nos quais o pedido é verdadeiro. Não acreditem em particular nos e-mail dizendo que graças a algum tipo de acordo com alguma multinacional alguém (tipicamente um pequeno paciente com câncro) irá receber dinheiro (necessário para alguma finalidade importante) por cada e-mail que for enviada ou re-transmitida ou algo assim. Isso simplesmente não existe nem é possível tecnicamente. Menores ainda os casos nos quais os boatos ou informações difundidas através deste tipo de e-mails sejam fundamentadas ... neste caso a fraude não é financeira mas de desinformação.

As regras básicas para fugir deste tipo de fraudes são as seguintes:

1)    Evite qualquer tipo de plano que ofereça comissões ou qualquer tipo de benefício em troca do recrutamento de novas pessoas.

2)    Atenção a planos onde você ganha dinheiro para trazer novas pessoas em vez que para vender alguma coisa por sua conta.

3)    Tome cuidado com planos que pedem para você pagar taxas de entrada ou custos de material de trabalho ou amostras "obrigatórias" ou coisas parecidas.

4)    Tome cuidado redobrado em caso de propostas envolvendo lucros elevados ou produtos/idéias/serviços "milagrosos" e "inéditos".

5)    Verifique até o fim todas as referencias fornecidas em relação às propostas ... muitas vezes trata-se simplesmente de “banha da cobra” para os burros acreditarem.

6)    Nunca assine documentos ou pague qualquer coisa em condição de pressão ou para não magoar "amigos" que lhe estão apresentado uma "oportunidade".

7)    Verifique cada proposta procurando informações junto das autoridades competentes, na internet e nos sites de "due diligence" como o Better Business Bureau dos EUA.

Um breve aceno histórico sobre a origem dos nomes alternativos de "Ponzi" e "São Antonio" para os esquemas a pirâmide.

Charles Ponzi, um italiano que emigrou para EUA em 1903, lançou em 1909 um esquema de venda de notas promissórias garantindo um juro de 40% no prazo de 90 dias. Em vez de investir o dinheiro que recebia o Sr. Ponzi usava parte do dinheiro de cada novo investidor para pagar os juros dos investidores mais antigos, ficando ele com o restante. Os investidores de Ponzi não sabiam como a coisa funcionava, sabiam porém que algumas pessoas estavam ficando ricas com isso. Obviamente todos queriam o mesmo e portanto pediam para entrar no sistema. Quanto o numero de novos investidores cresceu demais ficou matematicamente impossível continuar e aconteceu o colapso do esquema com a criação do termo "Esquema de Ponzi".

No inicio dos anos cinquenta na Itália começou a difusão de uma carta que iniciava assim "Reze três Ave Maria para São Antonio ...", em seguida eram listadas todas as graças e coisas boas que iriam acontecer para quem seguisse as instruções da carta e todas as desgraças para quem não o fizesse. Entre as instruções tinha a de fazer 10 cópias (na época era á mão ou com máquina de escrever) da carta e enviá-la (pelo correio, pagando o selo) para outras 10 pessoas queridas. Isso continuou durante anos na Itália e recebeu o nome de "corrente de São Antonio".

 Fonte: Dr.Lorenzo Parodi

Topo da Pàgina                                                    Pàgina Anterior

 


Páginas optimizadas para Internet Explorer
Resolução de ecrã: 1024x768

NOTA IMPORTANTE
Todos os documentos e histórias publicados neste “site” têm direitos de autor, do Manual das Fraudes ou dos próprios autores. Estes documentos e as histórias apenas podem ser usados noutro site ou noutra forma de publicação com autorização expressa do Manual das Fraudes ou dos autores, e de acordo com a legislação geral sobre direitos de autor.

 

                                                     Copyright Acorpromo.com.